Sr., como sabe, há 20 anos me dedico à causa da educação e julgo assim ser também merecedor do título de doutor, ainda que honoris causa
Era só o que faltava: um burro doutor
Já houve um cavalo senador…
Eram outros tempos…seu pedido é absurdo
Absurdo? Conduzi professores para os quatro cantos do mundo, visitei as mais importantes instituições de ensino e assisti a milhares de aulas e palestras. Sou capaz de reproduzir algumas de cor, inclusive.
Compreendo. Mas a sua situação é diferente. Primeiro, por ser um jumento, embora bom e dócil, um jumentinho. Segundo, porque, na melhor das hipóteses, só é capaz de repetir, sem criar absolutamente nada.
Ora, ora, nisso somos iguais, afinal só fazemos ruminar o que outros pensaram ou disseram. Que são nossos atuais professores senão uma espécie singular de papagaios?
Não é bem assim, evidentemente. Isso já é uma injúria.
Injúria? Que são essas monografias, dissertações e teses senão uma reprodução servil dos pensadores originais? E que são esses arremedos de aula que consistem na leitura de data show, power point e outras muletas?
Reconheço que você tem razão em parte, mas exagera, obviamente.
Exagero? Veja, por exemplo, o doutor Ave Rara, o currículo tem mais de cem páginas, repleto das informações mais insignificantes, ocupou os cargos mais importantes da instituição, mas, como sabemos, nunca disse ou escreveu nada relevante.

Quanto ao Dr. Ave Rara, estamos todos de acordo.
Pessoalmente, aliás, vejo, com especial desconfiança, autores que se propõem a interpretar outros autores e os que amam escrever de modo abstruso. Sem falar nessas criaturas servis que rastejam como vermes por cargos administrativos.
De certo modo, a universidade de hoje são as senzalas de ontem. Pagam uma miséria e atraem, com freqüência, o que há de pior no mercado. 
Hoje ser bom professor significa, por isso, ser servil e produzir muito, ainda que isto signifique produzir lixo.
Quanto a isso, nem preciso dizer que, como burrico, carreguei centenas de teses para o lixo por determinação do senhor…aliás, esse tem sido o destino de quase todas tão logo defendidas.
Realmente. Mas, por favor, vamos manter isso em segredo.