Sobre a coca – texto de Freud

dez 04, 2009 pauloq Direito Penal, Política, Psicanálise 1 Comentário

  ÜBER COCA por Sigmund Freud   Reconhece-se não somente um exíguo número de trabalhos, artigos e pesquisas psicanalíticas sobre as toxicomanias, como também um retardo quanto às contribuições da psicanálise para esta clínica. Poder-se-ia perguntar sobre quais sejam os determinantes desta constatação. Uma retrospectiva histórica para buscar, nas origens da psicanálise, qual a relação […]

Leia mais

Conversando com Deus

maio 06, 2009 pauloq Psicanálise, Religião 27 Comentários

Senhor: apesar da minha fé, tenho algumas dúvidas e gostaria de revelá-las. Claro… Em primeiro lugar, sei que a história refere um sem número de religiões (e deuses e demônios): judaísmo, budismo, umbanda, cristianismo, hinduísmo, islamismo, xintoísmo, só para citar algumas das mais conhecidas. E se pensarmos nas religiões extintas (e deuses e demônios mortos), […]

Leia mais

O homicida passional segundo Maitê Proença

jan 07, 2009 pauloq Direito Penal, Psicanálise 14 Comentários

Raios não caiem duas vezes no mesmo lugar. Às vezes. Na minha casa caíram, e assim convivi com dois homicídios, no período de minha infância, o de meu pai e de minha tia sua irmã, que, por ironia, também matou o parceiro. Tenho, portanto, intimidade com o assunto. Mais do que isso, conheço-o profundamente, já […]

Leia mais

Citações kotheanas

dez 08, 2008 pauloq Filosofia, Psicanálise, Religião 14 Comentários

Quem adora o Cristo, o cristão, não acredita no que vê. Ele acredita no contrário do que está à vista. Ele não sente propriamente compaixão pela desgraça do crucificado, mas satisfação profunda pela salvação de si mesmo. Ele não está muito infeliz por contemplar a maldade humana de modo extremado numa crucificação; ele está, isto […]

Leia mais

Citações freudianas a propósito da religião

fev 11, 2008 pauloq Psicanálise, Religião 2 Comentários

As idéias religiosas surgiram da mesma necessidade de que se originaram todas as outras realizações da civilização, ou seja, da necessidade de defesa contra a força esmagadoramente superior da natureza; Quando um indivíduo em crescimento descobre que está destinado a permanecer uma criança para sempre, que nunca poderá passar sem proteção contra estranhos poderes superiores, […]

Leia mais
Visitantes: